INVENTANDO SELFS: O ÍNTIMO E O POLÍTICO DA CULTURA CIBERFEMINISTA

Autores

  • Carlos Henrique Medeiros de Souza
  • Paolla dos Santos Souza
  • Ieda Tinoco Boechat

Palavras-chave:

cibercultura, performance ciberfeminista, netnografia.

Resumo

A partir dos conceitos sobre o ciberfeminismo, o presente trabalho buscou fazer uma observação sobre as práticas culturais em um determinado grupo na rede social Facebook. Utilizou-se como método investigativo da pesquisa a netnografia baseada na obra de Kozinets (2014). Desta forma, a proposta metodológica contribuiu para o desvelamento dos novos modos de interação e produção de sentidos, que exploram o autorretrato/retrato artístico com a cultura da autoexposição nas redes sociais digitais (SIBILIA, 2008). Alguns dados desta pesquisa nos permitem destacar que experiências por meio das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), marcam a figuração de novas subjetividades e fomentam os laços de sociabilidade e solidariedade entre as jovens feministas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-11-23

Como Citar

Carlos Henrique Medeiros de Souza, Paolla dos Santos Souza, & Ieda Tinoco Boechat. (2023). INVENTANDO SELFS: O ÍNTIMO E O POLÍTICO DA CULTURA CIBERFEMINISTA. Intercursos, 1(1). Recuperado de http://intercursos.org/index.php/intercursos/article/view/8

Edição

Seção

Artigos